fbpx

Compartilhe
Pin It

por Cinthia Milanez

Sincomércio teve a ideia para ajudar comerciantes em meio às novas restrições; entidade critica informativo da prefeitura

drivethru160321Uma tenda já funciona entre o Calçadão da Batista de Carvalho e a rua Gerson França - Aceituno Jr

Com o intuito de garantir a sobrevivência do comércio em meio à fase emergencial do Plano SP, que começou a funcionar nesta segunda-feira (15) em todo o Estado de São Paulo, o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) de Bauru e Região idealizou um drive thru em conjunto nas esquinas. A iniciativa, que conta com o apoio da Associação Comercial e Industrial de Bauru (Acib) e da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), propõe colocar tendas em locais onde há tráfego de veículos e, assim, permitir que os consumidores retirem as mercadorias sem descer dos mesmos, afinal, o governo estadual autoriza apenas esta modalidade e o delivery para o comércio em geral até o próximo dia 30. O take away (retirada no balcão) está proibido.

Presidente do Sincomércio, Walace Garroux Sampaio explica que pensou em implantar o que chama de Drive Thru Solidário, essencialmente, por causa dos comerciantes do Calçadão da Batista de Carvalho, cujo trânsito de veículos é proibido. Inclusive, já existe uma tenda deste projeto entre a via e a rua Gerson França.

Ainda segundo Sampaio, a ideia é colocar uma barraca em cada quarteirão do Calçadão. "Os lojistas de determinada quadra podem se unir e comprar a tenda junto à Havan, que a comercializa para este fim pelo preço de custo: R$ 200,00. Já as placas de identificação das lojas ficarão a cargo do Sincomércio".

Para o presidente da entidade, esta é uma forma encontrada de ajudar os comerciantes, principalmente, os pequenos. "Eles precisam sobreviver a este período mais restritivo".

De acordo com Sampaio, os lojistas de outras regiões da cidade também podem aderir à iniciativa. Para obter outras informações, basta entrar em contato através dos telefones (14) 3223-9499 ou (14) 99652-8751 (WhatsApp). O Sincomércio atende a distância de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, além de fazer plantões aos finais de semana.

CRÍTICAS

No final da tarde desta segunda-feira (15), o Sincomércio divulgou uma nota criticando o informativo da Prefeitura de Bauru sobre a fase emergencial. No documento, publicado no último domingo (14), a entidade afirma que o município cometeu "erros grosseiros que causaram mais prejuízos ainda ao comércio e à população".

Ainda na nota, o sindicato cita alguns exemplos, como o fato de a prefeitura ter definido o drive thru para comprar sem sair do carro. "Qualquer veículo pode utilizar o sistema, entre eles, utilitários, caminhonetes, motocicletas, bicicletas etc".

O Sincomércio também critica as informações sobre o toque de recolher. "Em outro erro absurdo, confunde a recomendação constante no decreto estadual com a proibição expressa da circulação de pessoas das 20h às 5h, aconselhando, inclusive, denúncias à Polícia Militar pelo 190".

O informativo proíbe, ainda, o funcionamento das academias, que, segundo a entidade, "contam com uma lei municipal que as classifica como atividade essencial".

O Sincomércio informa que "a pressa da prefeitura contrasta com a demora para corrigir as informações". A entidade observa que oficiou o município às 9h de ontem e, até as 16h do mesmo dia, o sindicato não obteve qualquer resposta, motivo pelo qual optou por divulgar o comunicado.

OUTRO LADO

Também em nota, a assessoria de comunicação da prefeitura informa que a cidade segue a fase mais restritiva do Plano SP desde ontem. "Assim, somente as atividades classificadas como essenciais pelo governo estadual podem abrir ao público".

Ainda segundo o município, a duração prevista é de duas semanas e a prefeitura não publicará um novo decreto, pois o atual já estabelece que o Plano SP deve ser seguido.

No final da noite de ontem, porém, o poder público municipal divulgou uma nota sobre o funcionamento de cada serviço nesta nova fase. No texto, consta que as academias estão proibidas de funcionar, de acordo com o Decreto Estadual n.º 64.994/2020.

Desde que o município foi colocado na fase vermelha, a Prefeitura de Bauru procura equilibrar a saúde com a economia, conforme consta na nota. Tanto que uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) ainda tramita pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), mas, enquanto não é julgada em definitivo, a prefeitura deve seguir integralmente as normas estaduais.

Já as fiscalizações são feitas pelas secretarias de Saúde e Planejamento (Seplan), bem como pela PM. No caso da Seplan e polícia, os órgãos estão voltados às vistorias em festas clandestinas e aglomerações.

Walace Sampaio, do Sincomércio: "Eles [os pequenos comerciantes] precisam sobreviver a este período mais restritivo"
Walace Sampaio, do Sincomércio: "Eles [os pequenos comerciantes] precisam sobreviver a e3ste período mais restritivo" /Crédito: Malavolta Jr.

Entidade entra com ação na Justiça por lojas de construção

Ainda ontem, o Sincomércio ingressou com uma ação judicial contra o governo estadual. A entidade solicita a liberação do atendimento ao público por parte das lojas de material de construção civil, "consideradas essenciais por um decreto federal, não podendo ser contrariado por um decreto estadual".

Com base na fase de emergência do Estado, a prefeitura afirma que as lojas de material de construção só podem fazer delivery (24 horas) e drive thru (das 5h às 20h).

Além disso, o sindicato também diz que irá ingressar com outra ação contra o Estado, nesta semana. "O comércio local já ficou 150 dias impossibilitado de atender ao público e nós decidimos pedir uma indenização para cobrir o prejuízo dos lojistas", explica Walace Sampaio.

 

 

 

 

FONTE: https://www.jcnet.com.br/noticias/economia__negocios/2021/03/752897-lojistas-realizarao-drive-thru-em-esquinas-durante-fase-emergencial.html

Comments fornecido por CComment

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Mariana Fonseca Governo estadual também anunciou que Fase de Transição segue e detalhou apoio a...
DW.COM Kathlen Romeu, de 24 anos, foi baleada durante um tiroteio entre policiais e criminosos na...
Correio24Horas É o segundo ano consecutivo que a festa não pode acontecer Aglomeração e São João...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Letícia Taets - Revista Seleções O mês de junho chegou e com ele os festejos juninos! Preparando tudo para fazer a sua festa em casa, não pode faltar a tradicional paçoca de amendoim. Mas já...

Redação casa.com.br Com o Dia dos Namorados se aproximando, é uma boa hora para ir treinando as habilidades culinárias para preparar um prato cheio de amor e corações para aquele alguém...

Maria Fernanda Ziegler, da Agência Fapesp Quando se trata de ganhar massa e força muscular, é mais importante atentar para a quantidade de proteína ingerida do que para a origem do nutriente....

Guia da Cozinha Em mês de Festa Junina e dias frios, nada melhor do que um caldo verde para se aquecer e entrar no clima de São João. Esse prato tradicional é tão versátil quanto delicioso, por...

RELIGIÃO

Fernando Rossit O fenômeno se traduz por uma estranha impressão de já ter vivenciado a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita. Conhecido como déjà vu, ou paramnesia...

Helio & Deise Peixoto “…não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:18 {loadposition apoiador-estilo-vida} Mesmo sendo...

Frei Luiz Iakovacz Nas celebrações dominicais, leem-se três leituras bíblicas, das quais a primeira é sempre extraída do AT. No Tempo Pascal, porém, tanto nos dias de semana como nos domingos, proclama-se Atos dos Apóstolos. Com isso, a Igreja...

ESTILO DE VIDA

Divulgação

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account