fbpx

Compartilhe
Pin It
Por Jornal do Brasil

Um grupo de arqueólogos anunciou nessa quinta-feira (8) a descoberta de uma antiga cidade faraônica que permaneceu oculta durante séculos, próxima de alguns dos monumentos mais conhecidos do Egito

ruinas090421Credit...Reuters / Centro de Egiptologia Zahi Hawass

A grande cidade foi construída há mais de 3.400 anos, durante o reinado de Amenhotep III, um dos faraós mais poderosos de Egito, disse o arqueólogo egípcio que supervisiona as escavações, Zahi Hawass, em um comunicado, veiculado através de seu perfil no Facebook.

A equipe começou buscando um templo mortuário próximo da cidade de Luxor em setembro. Contudo, em poucas semanas, os arqueólogos encontraram formações de tijolos de argila em todas as direções, segundo Hawass.

Em seguida, os arqueólogos escavaram toda a cidade, que estava bem conservada, com muros quase completos e habitações cheias de objetos da vida cotidiana, ao lado de anéis, escaravelhos, potes de cerâmica coloridos e tijolos de argila com selos de Amenhotep.

"As ruas da cidade estão flanqueadas por casas [...] e alguns de seus muros têm até três metros de altura", comentou Hawass.

As escavações se encontram na margem ocidental de Luxor, próximas dos Colossos de Mêmnon, de Medinet Habu e do Ramesseum, o templo mortuário do faraó Ramsés II, não muito longe do Vale dos Reis.

"Esta é uma descoberta muito importante", disse à agência Reuters Peter Lacovara, diretor do Fundo de Arqueologia e Patrimônio do Antigo Egito, cuja sede fica nos Estados Unidos.

Segundo o especialista, o estado de conservação da cidade e a quantidade de objetos da vida cotidiana encontrados no local remetem a outro sítio arqueológico famoso, a cidade romana de Pompeia.

"É uma espécie de 'Pompeia' do antigo Egito, o que mostra que é necessário preservar urgentemente esta área como um parque arqueológico", afirmou Lacovara, que trabalhou na região do palácio de Malcata por mais de 20 anos, mas não participou das escavações.

O sítio arqueológico contém uma grande quantidade de fornos e estufas para a fabricação de vidro e cerâmica, junto com os resquícios de milhares de estátuas, afirmou Betsy Bryan, egiptóloga da Universidade Johns Hopkins, especialista no reinado de Amenhotep III, segundo a Reuters.

"Somente localizar os centros de manufatura traz à tona detalhe de como os egípcios fizeram o que fizeram sob um governante grande e rico como Amenófis III. Isso vai fornecer conhecimento por muitos anos", acrescentou a especialista.

A cidade se estende rumo a oeste, até o antigo povoado de trabalhadores de Deir Almedina, afirmou Hawass.

De acordo com as referências históricas, a cidade incluía três palácios de Amenhotep III e o centro administrativo e industrial do império, acrescentou o especialista.(com agência Sputnik Brasil)

 

 

 

 

FONTE: https://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/2021/04/1029469-arqueologos-descobrem-antiga-pompeia-egipcia-perto-de-luxor.html

Comments fornecido por CComment

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Mariana Fonseca Governo estadual também anunciou que Fase de Transição segue e detalhou apoio a...
DW.COM Kathlen Romeu, de 24 anos, foi baleada durante um tiroteio entre policiais e criminosos na...
Correio24Horas É o segundo ano consecutivo que a festa não pode acontecer Aglomeração e São João...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Letícia Taets - Revista Seleções O mês de junho chegou e com ele os festejos juninos! Preparando tudo para fazer a sua festa em casa, não pode faltar a tradicional paçoca de amendoim. Mas já...

Redação casa.com.br Com o Dia dos Namorados se aproximando, é uma boa hora para ir treinando as habilidades culinárias para preparar um prato cheio de amor e corações para aquele alguém...

Maria Fernanda Ziegler, da Agência Fapesp Quando se trata de ganhar massa e força muscular, é mais importante atentar para a quantidade de proteína ingerida do que para a origem do nutriente....

Guia da Cozinha Em mês de Festa Junina e dias frios, nada melhor do que um caldo verde para se aquecer e entrar no clima de São João. Esse prato tradicional é tão versátil quanto delicioso, por...

RELIGIÃO

Fernando Rossit O fenômeno se traduz por uma estranha impressão de já ter vivenciado a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita. Conhecido como déjà vu, ou paramnesia...

Helio & Deise Peixoto “…não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:18 {loadposition apoiador-estilo-vida} Mesmo sendo...

Frei Luiz Iakovacz Nas celebrações dominicais, leem-se três leituras bíblicas, das quais a primeira é sempre extraída do AT. No Tempo Pascal, porém, tanto nos dias de semana como nos domingos, proclama-se Atos dos Apóstolos. Com isso, a Igreja...

ESTILO DE VIDA

Divulgação

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account