fbpx

Compartilhe
Pin It
Carla Bittencourt

Alguns projetos estão sendo desenhados para a maquiadora; um exemplo é um programa musical para ela no Globoplay

juliette freire130521Reprodução/Instagram

Além de Gil do Vigor, Juliette Freire, campeã do BBB 21, também teve o seu contrato renovado com a Globo. O acordo é temporário, de apenas 6 meses, e pode ser prolongado por igual período. O departamento de criação da emissora tem alguns projetos em andamento para a maquiadora. Nada fechado ainda. Um eles, por exemplo, é um musical no Globoplay que ficaria a cargo de Boninho. A ideia será mesclar em uma só atração a personalidade da paraibana, que praticamente dança, canta e sapateia.

Certo mesmo é não perder Juliette para a Record, que está de olho nela. A ideia é surfar no sucesso da moça que se tornou um sucesso fora da casa mais vigiada do Brasil. Só em seu Instagram, a morena está prestes a bater a marca de 29 milhões de seguidores.

A paraibana levou o grande prêmio do BBB21 - Reprodução/Instagram

Nesse primeiro período, Juliette participará de programas já existentes na grade de programação da Globo. Nos próximos dias a maquiadora gravará o Conversa com Bial e o Caldeirão do Huck. Além disso, Marie Claire, importante feminina do Grupo Globo, será a primeira publicação a ter a sensação Juliette em sua edição especial.

Fora do reality de confinamento, a campeã do BBB 21 falou o que pretende fazer com o prêmio do programa. “O prêmio vai, primeiramente, para a cirurgia que minha mãe precisa fazer. Depois, para uma casa própria para os meus irmãos, uma casa popular. Eles têm uma vida muito simples e são felizes assim. Eu não quero mudar a vida deles para algo que não é deles, eu vou somente dar um conforto mesmo. Alguns trabalham, outros não, têm um salário pequenininho, e eu quero dar uma segurança financeira para eles. Essas são as minhas prioridades agora. Depois disso não sei mais, vou ver o que vai acontecer. Mas esses eram os meus objetivos quando eu entrei no BBB e continuam sendo”, pondera a nova namoradinha do Brasil.

 

 

 

 

FONTE: https://www.metropoles.com/colunas/o-melhor-da-tv/globo-renova-contrato-com-juliette-e-estuda-criar-programa-musical

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
Karol Gomes

“Faltou João”, argumentou Tiago Leifert para justificar a eliminação do João Luiz do “Big Brother Brasil” na noite desta quinta-feira (22). O apresentador acabou se contradizendo ao dizer, em seu discurso, que o professor de geografia não se posicionou no jogo. Há algumas semanas, o próprio Leifert fez uma fala ao vivo apoiando a denúncia de João Luiz diantes das atitudes do participante já eliminado Rodolffo, conforme já contamos aqui no Hypeness.

joaoluis250421
Eliminação de João é associada com punição por denunciar racismo

Tiago Leifert poderia estar se referindo ao posicionamento de João, eliminado com 58,86% dos votos, no início do jogo, quando foi considerado “planta” pelo público por não aparecer em muitas brigas de maneira agressiva, apesar de ter dado sua opinião de forma coerente quando solicitada. Mas o discurso acabou soando punitivo para o momento atual do jogo, o que reflete na escolha do público. 

João estava no paredão com participantes que cometeram muitos erros, como Arthur e seu relacionamento tumultuado com Carla Diaz. Foi o professor, porém, que acabou eliminado, coincidentemente ou não, após manifestações de que sua denúncia de racismo contra Rodolffo teria sido um “mimimi” ou algo para torná-lo vítima ou protagonista do jogo – como se ele tivesse planejado a violência que sofreu.

Grande parte do público, nesta quinta-feira (22), quis mais do que eliminar o professor, quis puni-lo por ousar falar sobre algo que o machucou e Tiago Leifert pareceu ter entrado nessa narrativa. A eliminação de João Luiz do “BBB 21” é compreensível, uma hora deveria acontecer, considerando que existem competidores com mais chances de ganhar. A forma como aconteceu, porém, não pode ser. 

João, por sua vez, se mostrou satisfeito com sua jornada, que incluiu a promoção de debates importantes como a autoestima da população negra e o racismo recreativo. “Pra mim, rever isso é muito forte, mas fico muito feliz comigo mesmo por ter conseguido fazer isso, de não deixar isso passar batido”, revelou em entrevista ao Gshow.

Foto: Reprodução / Globoplay

 

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
Carla Bittencourt

A Knewin, maior PRtech da América Latina, analisou a força da paraibana no Twitter e no Instagram

juliettefreire150421Rede Globo/Reprodução

Juliette Freire, participante do Big Brother Brasil, é também um fenômeno da internet. A Knewin, maior PRtech da América Latina, analisou 1.025.098 tuítes entre os dias 31 de março e 11 de abril, citando a maquiadora e advogada. A paraibana de 31 anos entrou no programa em 25 de janeiro, com 3 mil seguidores no Instagram, e até o momento da análise contabilizava 20,7 milhões – e a quantidade de admiradores só cresce.

Durante o período analisado pela ferramenta Knewin Social, o termo Juliette teve mais de 460 mil menções, sendo a participante do BBB mais citada no Twitter. A hashtag #teamjuliette chegou a 46.066 tuítes, e a conta da participante, @freirejuliette, somou 58.125 tuítes. Esse sucesso se reflete não apenas nas mídias sociais, mas também na imprensa. Em janeiro, no início da atração global, foram publicadas 698 matérias citando a maquiadora; em fevereiro, esse número subiu para 2.753 e atingiu 3.310 em março.

No dia 5 de abril, Juliette se tornou a participante do grupo pipoca com mais seguidores. De acordo com levantamento do HypeAuditor, realizado em março, a paraibana aparece no top 20 dos mil maiores influenciadores do Instagram no Brasil. Na lista, seu perfil supera nomes de algumas celebridades, como Ivete Sangalo e Anitta.

No decorrer do programa, as marcas patrocinadoras do BBB também aproveitaram o “boom” de popularidade de Juliette, alinhando seus produtos com a participante para alavancar hashtags e menções que impulsionam vendas. Até mesmo as discussões que aconteceram durante a atração também impactaram positivamente a imagem da maquiadora aqui fora. Após pequena briga com Fiuk sobre cuscuz, por exemplo, uma marca que fabrica o item entrou em contato com a equipe da sister oferecendo contrato de publicidade.

Juliette FreireJuliette Freire é a grande favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão do reality - Reprodução/Instagram

De acordo com o CMO da Knewin, Fabio Rios, as mídias sociais ocupam cada vez mais espaço na rotina de consumo e interação com conteúdo. Por isso, é imprescindível usar indicadores corretos e confiáveis para mensurar o impacto da exposição espontânea da marca em redes digitais na estratégia de comunicação, e ter a tecnologia como aliada. “Curtidas, menções e compartilhamentos são alguns dos indicadores que podem ser trabalhados. O grande desafio, no entanto, é coletar informações em grande quantidade e em tempo real para mostrar um cenário completo para medir resultados no mundo digital e alavancar uma marca, por exemplo”, completa.

 

 

 

 

FONTE: https://www.metropoles.com/colunas/o-melhor-da-tv/bbb21-juliette-supera-nomes-como-ivete-sangalo-e-anitta-na-internet

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
Rebecca Silva

Big Brother Brasil 21 consagrará mais um milionário no fim deste mês, após a edição mais longa da história: três meses de duração e um recorde de patrocinadores, que, juntos, renderam R$ 530 milhões em cotas publicitárias comercializadas pela emissora.

exbbbs130421Grazi Massafera e Sabrina Sato eram vistas como as poucas ex-BBBs com carreiras bem-sucedidas, mas o BBB 20, do qual participou Manu Gavassi, serviu como ponto de virada no uso das redes sociais e do marketing pessoal

O reality show, que desembarcou no Brasil em 2002, vive agora uma nova fase, alimentada pela força da internet. O programa ultrapassa os limites da televisão e do pay per view do Globoplay e ganha vida nas redes sociais, principalmente no Twitter e no Instagram.

Uma participante em particular tem se destacando entre o elenco: Juliette Freire, advogada e maquiadora paraibana, está redefinindo a forma de jogar o Big Brother com o batalhão que se movimenta em seu favor fora da casa.

No último fim de semana, ela alcançou a marca de 20 milhões de seguidores no Instagram, superando até mesmo a participante Viih Tube, influenciadora digital que já começou o jogo em vantagem, com 16 milhões de seguidores. Com pouco menos de um mês para o fim do reality e o padrão de crescimento dos seguidores de Juliette, a participante deve bater ainda os números de ex-BBBs que fizeram sucesso na carreira artística, como Grazi Massafera (23 milhões) e Sabrina Sato (29 milhões).

E se engana quem pensa que são seguidores comprados. Prova do desempenho orgânico é o engajamento dos seguidores da paraibana. Ela já bateu a performance de nomes como Anitta, Beyoncé e Manu Gavassi, quebrando o recorde da cantora norte-americana Billie Eilish ao superar 1 milhão de curtidas em uma publicação em menos tempo na rede social. “Não existe marca ou pessoa que tenha se sustentado organicamente com seguidores falsos e automações. O que os números da Juliette mostram de engajamento não se consegue com robôs ou publicações patrocinadas. O conteúdo é humanizado, existe estratégia por trás, além do timing”, explica Fabrício Macias, CBDO (chief business development officer) da agência de marketing digital Macfor.

O especialista ressalta que a televisão ainda é uma grande vitrine – o principal meio de comunicação de massa -, e que a exposição em horário nobre é valiosa. “Quanto custam os segundos de exposição na Globo? Ao entrar no programa, o participante pode sair com R$ 1,5 milhão ou, pelo menos, uma exposição de meses na maior emissora do país. Se houver visão e souber monetizar, é uma fórmula de sucesso”, afirma o especialista.

A cada edição, os participantes se especializam e se organizam mais antes de entrar na casa. O BBB deixou de ser um programa de televisão e virou um negócio. Se a edição de 2020 foi marcada pelo crescimento do uso do marketing digital com a chegada dos participantes já famosos, como Manu Gavassi e Bianca Andrade, o BBB 21 será lembrado pela profissionalização dos ADMs, como são chamados os administradores das redes sociais dos participantes, que trabalham arduamente na criação da imagem e na mobilização do público aqui do mundo real, enquanto o jogo rola na casa mais vigiada do país.

juliette130421Juliette Freire, participante do BBB 21, se tornou um fenômeno nas redes sociais, ganhando 20 milhões de seguidores e batendo recordes de engajamento no Instagram

A equipe de Juliette é a maior desta edição: a participante conta com 20 pessoas cuidando de suas redes sociais, entre amigos e voluntários que auxiliam na gestão dos perfis e na coleta de material para publicação. Antes de entrar no jogo, Juliette deixou com a amiga Deborah a senha da única rede que usava, o Instagram, na época com cerca de 3 mil seguidores e um único pedido: “façam o que for preciso”.

O time é dividido por núcleos e, em sua maioria, formado por profissionais de marketing digital de João Pessoa, onde Juliette morava antes do confinamento. Alguns chegaram a deixar clientes que atendiam para poder se dedicar 100% ao trabalho das redes da participante, que hoje gera conteúdo para Twitter, Facebook, Instagram, TikTok e Spotify, além de grupos no Telegram e WhatsApp. “Cerca de 50% do sucesso da Juliette vem dela. Conseguimos desenvolver um bom trabalho multiplataforma por causa de sua personalidade. Tudo que ela faz gera conteúdo e repercute”, explica Rallyson Chaves, head de conteúdo do TikTok da participante.

Boa parte da equipe principal já tinha trabalhado em campanhas políticas anteriormente e acabou replicando o método bem-sucedido nas redes da sister. O foco foi humanizar Juliette, mostrando quem ela era antes do programa com imagens de acervo do próprio Instagram, além de caprichar na identidade visual e no contato com o público, que acaba trazendo muitas pautas para a equipe.

 Antes mesmo de a participante deixar a casa, marcas – inclusive patrocinadoras – já começam a surfar na onda do seu sucesso. Juliette engaja sem nem saber e vende – algo que causa um frenesi nas empresas. Para a equipe, quanto mais, melhor: grandes marcas, como Seara e Avon, dão credibilidade à imagem de Juliette, fortalecendo o posicionamento da jovem no mercado. “É um teste que já estamos fazendo agora, sem ter sido planejado. Para nós foi positivo para testar o público, ver o quanto o nome dela engaja mais que os outros”, pontua Candy Ferraz, head do Twitter de Juliette.

A participante já está sendo procurada para campanhas pós-BBB por marcas de diferentes tamanhos, e todas as propostas estão sendo avaliadas pela equipe. A própria Juliette vai se encarregar de bater o martelo sobre o que fará no futuro. Para Fabrício Macias, caso não ganhe o programa, ela não demorará muito para somar R$ 1,5 milhão na conta. “Fazendo uma previsão conservadora, em meio ano ela consegue ultrapassar esse valor, cobrando no mínimo R$ 150 mil por uma publicação no feed do Instagram”, estima o especialista em marketing digital com base no engajamento e relevância da participante.

Com a profissionalização dos participantes do BBB e de suas equipes, é provável que cada vez mais vejamos milionários depois do programa. O que antes ficava limitado aos ganhadores do reality e aos poucos que seguiram carreiras bem-sucedidas, nem sempre ligadas ao entretenimento, agora tende a se potencializar com as comunidades criadas nas redes sociais e o dinheiro que roda nesse ambiente virtual. “A taxa de sucesso de pessoas depois do BBB vai crescer a partir de agora. O participante mostra quem é no programa e depois, nas redes, é fácil de encontrar, acompanhar. Muda-se a dinâmica do jogo com o poder da massa”, finaliza Macias.

Veja, na galeria a seguir, outros participantes que não ganharam a competição, mas faturaram alto – alguns até muito mais que o prêmio – após o programa:

grasimassafera130421

Grazi Massafera

Grazi já trabalhava como modelo e tinha participado do Miss Brasil, representando o Paraná, quando entrou para a quinta edição do programa. Ela ficou em segundo lugar, perdendo para Jean Wyllys, e recebeu o prêmio de R$ 50 mil.

O programa foi um grande salto na carreira de Grazi que, logo após a participação, entrou para a Oficina de Atores da Rede Globo. Sua primeira novela foi “Páginas da Vida”, a convite do autor Manoel Carlos, e desde então atuou nos folhetins “Desejo Proibido”, “Negócio da China”, “Tempos Modernos”, “Aquele Beijo”, “Flor do Caribe”, “Verdades Secretas”, “A Lei do Amor”, “O Outro Lado do Paraíso” e “Bom Sucesso”.

Grazi é vista como uma das participantes que mais deu certo após o programa: transformou sua imagem, é reconhecida como atriz e chegou até a ser indicada ao Emmy Internacional, na categoria “Melhor Atriz”.

Além do trabalho nas telas, Grazi participa de campanhas publicitárias e reúne 23 milhões de seguidores no Instagram. A artista também é dona de uma grife de óculos de grau e de sol. Entre as marcas para as quais fez propaganda na rede social nos últimos meses estão Dell, Monte Carlo Joias, Heineken e Via Uno.

sabrinasato130421

Sabrina Sato

Sabrina participou da terceira edição do BBB, onde permaneceu até a oitava semana. Pelo carisma apresentado durante o programa, foi contratada pelo “Pânico”, participando das edições em rádio e na televisão. A artista fez parte do elenco do humorístico por uma década, até que saiu para apresentar seu programa solo na RecordTV.

Estimativas indicam que o salário mensal da ex-BBB na emissora é de R$ 900 mil. Apesar de seu programa semanal ter chegado ao fim em 2019, ela apresenta os realities “Game dos Clones”, que também faz parte do catálogo do Amazon Prime Video, e “A Ilha”.

Assim como Grazi Massafera, Sabrina é constantemente citada como uma das participantes que mais deu certo depois do programa e que conseguiu se desapegar da imagem de ex-BBB. Nas redes sociais, acumula 29 milhões de seguidores no Instagram e 1,2 milhão no YouTube.

manugavassi130421

Manu Gavassi

A jovem atriz e cantora participou da edição 20 do programa, a primeira a contar com artistas no elenco. Conhecida de um nicho mais jovem desde a adolescência, Manu viu no programa uma oportunidade para expandir seu público.

Antes de entrar na casa, já acumulava milhões de seguidores no Instagram e tinha em seu currículo passagens por novelas da Globo, alguns papéis no cinema e um contrato com a gravadora Universal Music.

A jovem deixou gravados mais de 100 vídeos para quando estivesse confinada na casa, antecipando todas as possíveis situações que pudesse passar lá dentro. Ela criou uma estratégia de marketing que marcou a sua passagem pelo programa, sendo replicada pelos participantes da edição atual.

Manu acabou chegando até a final, mas ficou no terceiro lugar, levando do programa o prêmio de R$ 50 mil. Após sua participação, porém, fechou contratos milionários com marcas como O Boticário e Redken, atuando também como diretora criativa e garota propaganda para Tanqueray e Anacapri, além dos publiposts para PicPay, Lacta, Paco Rabanne e Acuvue que impactam seus 15 milhões de seguidores no Instagram.

fernandofernandes130421

Fernando Fernandes

O atleta participou da segunda edição do programa, em 2002, sendo eliminado na terceira semana. Após o BBB, ele seguiu a carreira que já tinha como modelo, chegando a fotografar com Mario Testino e estrelar campanha para a Dolce & Gabbana ao lado de Naomi Campbell e Claudia Schiffer.

Em 2009, sofreu um acidente automotivo e ficou paraplégico. Quando estava internado em Brasília, para se recuperar do acidente, Fernando começou a treinar paracanoagem. Ele se tornou tetracampeão mundial na modalidade, com patrocínio da Nike e da Gol.

Fernando também é apresentador, tendo comandado quadros no “Esporte Espetacular” e o programa “Além dos Limites”, do canal OFF. Nas redes sociais, ele cria conteúdo para marcas como Volkswagen e Gillette e acumula 500 mil seguidores no Instagram.

marcelamcgowan130421

Marcela McGowan

A médica Marcela McGowan integrou o elenco da 20ª edição do BBB, junto com Manu Gavassi, mas entrou no grupo batizado de pipoca, formado apenas por participantes anônimos. Durante seu tempo de confinamento, Marcela chamou a atenção do público desde a primeira semana por seus posicionamentos progressistas.

Enquanto ainda estava confinada, o curso online ministrado pela médica sobre autoconhecimento e sexualidade feminina vendeu cerca de R$ 1,1 milhão para 2.000 interessadas. Marcela foi a 12ª eliminada, mas saiu da casa com um valor muito próximo do prêmio só com sua ferramenta de educação.

Depois que deixou o programa, Marcela continuou a falar sobre sexualidade feminina no seu Instagram, que hoje reúne 6 milhões de seguidores, além de fazer publicidade para marcas como L’Oréal, Old Parr e Natura. Ela também se tornou apresentadora do GNT.

biancaandrade130421

Bianca Andrade

Mais conhecida pelo nome artístico Boca Rosa, Bianca também integrou o elenco do BBB 20, como parte do grupo camarote. Assim como Manu Gavassi, ela entrou para o programa com milhões de seguidores no Instagram e no YouTube, e já tinha uma carreira consolidada, mas queria expandir seu público para fora da internet.

Dona das marcas Boca Rosa Beauty e Boca Rosa Hair, Bianca aproveitou o programa para divulgar seus produtos. Sua participação no BBB não durou muito, já que ela foi a quinta eliminada. Mas seu objetivo foi cumprido: as vendas dos produtos triplicaram e a marca teve faturamento de R$ 120 milhões, mesmo em ano de pandemia.

Um ano após sua participação, Bianca está grávida do primeiro filho, Cris, e pretende internacionalizar a sua empresa.

rodrigaosantana130421

Rodrigão e Adriana se conheceram na 11ª edição do programa e engataram um romance. Adriana foi a oitava eliminada e Rodrigão quase chegou à final, sendo o 14º eliminado. Após deixarem a casa, fizeram trabalhos como modelos.

Quatro anos depois, veio o casamento. Na época em que participaram do reality show, as redes sociais ainda não eram tão fortes como hoje. Adriana se especializou na área de marketing digital e criou o Midas (Método de Influência Digital Adriana Sant’Anna), comercializando cursos online sobre o tema, com lista de espera para novas turmas. Rodrigão também faz parte da equipe do método Midas, além de dar dicas sobre finanças e relacionamento em seu Instagram para mais de 2 milhões de seguidores. Adriana reúne quase 5 milhões de seguidores na rede.

Atualmente, o casal mora nos Estados Unidos, em uma mansão comprada em Orlando, Flórida. Em novembro do ano passado, Adriana falou com seus seguidores sobre ter conquistado seu primeiro milhão.

jonassulzbach130421

Jonas Sulzbach

Jonas começou a carreira como modelo, trabalhando para marcas como Lupo, Pioneer e Chevrolet. Foi o vencedor do Mister Brasil 2010, mas tornou-se conhecido do público ao integrar o elenco do BBB 12.

Jonas terminou em 3º lugar no programa, levando para casa R$ 50 mil e um carro. Após a saída, continuou trabalhando como modelo e, com o advento das redes sociais, como influenciador digital.

Há cerca de oito anos, Jonas toca o projeto fitness Mahamudra, que fundou ao lado de amigos, seguindo o método criado por Cesar Curti, também modelo.

No Instagram, reúne 3 milhões de seguidores e, além de divulgar o trabalho como instrutor físico, também faz publiposts para marcas como O Boticário, Mizuno e Paco Rabanne.

babusantana130421

Babu Santana

Também integrante do grupo camarote no BBB 20, o ator Babu Santana já tinha vivido Tim Maia nos cinemas e feito parte do elenco das novelas e séries da TV Globo. Ao entrar para o programa, porém, afirmou estar endividado e sofrendo pela falta de oportunidades na carreira.

Babu dividiu as opiniões dos espectadores do reality show por sua personalidade forte e acabou em quarto lugar na competição. Após a participação no programa, assinou contrato com a TV Globo e protagonizará o filme biográfico sobre Maguila.

No último ano, estrelou campanhas na televisão para Estomazil e Omo, além de fazer publicidade em seu Instagram, onde reúne 6 milhões de seguidores, para Seara, Americanas, PicPay, Gillette, FIat, Wizard e iFood.

pyonglee130421

Pyong Lee

Outro participante do grupo camarote do BBB 20, Pyong Lee entrou para o programa já conhecido pelo público da internet pelo seu trabalho como hipnólogo. Ele, inclusive, já tinha integrado a lista Under 30 de 2018 da Forbes.

Visto como um dos grandes favoritos ao prêmio por sua forma analítica de jogar no reality, Pyong foi o oitavo eliminado. Assim que saiu da casa, retomou seu trabalho como criador de conteúdo e acumula, atualmente, 8 milhões de seguidores no Instagram e mais do que isso no YouTube.

Fundou o Instituto Quasar, que oferece formação em hipnoterapia avançada e neurociência aplicada e também trabalha prestando mentorias para empreendedores no Instituto Êxito, do qual é sócio.

 

 

 

 

FONTE: https://www.forbes.com.br/forbeslife/2021/04/muito-alem-do-r-15-milhao-11-participantes-que-fizeram-muito-dinheiro-sem-ter-vencido-o-bbb/#foto10

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It

Juliette Freire é o nome da nordestina que já tem um dos maiores engajamentos já visto nas redes sociais e contratos publicitários que devem superar o prêmio de 1,5 milhão de reais do programa que está participando. Se você não se rendeu à programação televisiva que está ocupando o tempo e a mente de milhares de brasileiros em mais um ano atípico de pandemia, posso lhe explicar o fenômeno social por trás de Juliette.

juliete090421© EL PAÍS - Juliette Freire./INSTAGRAM

Nascida em Campina Grande, mas atualmente vivendo em João Pessoa, Juliette é a filha de dona Fátima e seu Lourival, uma cabeleireira e um mecânico. A única da família a conseguir ter ensino superior, a jovem abandonou a faculdade de medicina para se tornar advogada. Para conseguir se manter enquanto o sonho de ser delegada não se realizava, tornou-se maquiadora profissional. Mas aí veio a pandemia, a falta de dinheiro e a casa onde morava teve de ser devolvida.

Juliette estava se sustentando com o auxílio emergencial do Governo, quando a notícia de que iria para participar do Big Brother Brasil chegou. Animada, a moça falante enxergou no programa uma chance para mudar de vida. O que ela não sabia é que desde a primeira semana iria encontrar tanta dificuldade para ser compreendida pelo jeito de se comunicar. As brincadeiras da participante, bem como o sotaque raiz—cheio de interjeições que um bom nordestino reconhece para dar o tom da piada—eram interpretados como grosseria. E a moça foi murchando. Acuada sem saber como faria pra mudar o jeito de falar (como os outros participantes queriam), Juliette ressurgiu das cinzas. Decidiu manter suas características culturais, enfrentar a rejeição dos colegas e cantar. Ao som de uma voz doce e suave, Alceu Valença, Maria Gadú e até Chico César foram entoados. A moça pedia que Deus a protegesse da maldade de gente boa e o público parece ter se identificado com a oração.

O fato é que tudo isso tem uma explicação científica. Desde que o homem pré-histórico passou a contar suas experiências de caça ao redor das fogueiras e usar este momento de socialização para construir memórias orais, podemos observar uma necessidade de reconhecimento e legitimidade social como uma das nossas necessidades primordiais. Nosso corpo e mente foram criados para viver em grupo, para sobreviver através das relações sociais e com grande necessidade de reconhecimento. A questão é que esta validação, muitas vezes, depende da realização de grandiosos feitos, reforçando a ideia de que é preciso sobreviver aos infortúnios da vida.

Ao longo de gerações, fomos levados a crer que toda a nossa jornada de vida implica, também, na descoberta de aspectos heróicos em nossas atitudes. Aspectos estes que serão capazes de nos transformar enquanto indivíduos e de mudar a realidade de quem está ao nosso redor. Os enredos das peças gregas e os roteiros de Hollywood deixam claro o que sempre foi uma necessidade de sobrevivência emocional nossa: a de sermos salvos. Nosso cérebro sempre teve a clara percepção desse objetivo e por isso mesmo sempre buscou nas relações culturais, políticas e midiáticas a redenção que a presença de um super-herói ou super-heroína pode nos trazer.

E o que tudo isto tem a ver com o reality Big Brother Brasil em 2021? Absolutamente tudo.

O filósofo e sociólogo Edgar Morin explica bem essa questão quando se refere ao Olimpianos. O termo vem dos habitam o Olimpo ( Monte Olimpo), que é a mais alta montanha da Grécia e na mitologia grega refere-se à morada dos Deuses do Olímpio. Morin explica que os Olimpianos são os indivíduos promovidos a heróis, vedetes, um misto de humano e sobre-humano. Conforme os termos do filósofo, os “olimpianos são sobre-humanos no papel que eles encarnam, humanos na existência privada que eles levam”. Juliette e tantos outros que surgem em meio a uma sociedade sedenta por validação social, com as mentes isoladas dentro da sua própria aglomeração social, têm um duplo papel. São ao mesmo tempo mitológicas e humanas.

Essa dupla identidade surge como resultado do que precisávamos. Veja o caso de Juliette e o contexto de um país desolado com o golpe de mais de 4.000 pessoas morrendo por dia. A sensação de caos que a falta de comandos políticos claros deixou, gerou a falta de credibilidade de uma nação que busca “alguéns” a quem recorrer. Sendo assim, uma pessoa que tenha carisma, além de ser uma representação fiel de tudo aquilo que nós gostaríamos de ser/ter se materializa na imagem de uma participante de um programa de TV.

De repente, tudo fica muito claro. Juliette passou a carregar a esperança da superação das dificuldades sem fim vividas pela pandemia. É o alento e riso triste que consola nas horas em que a realidade da falta de dinheiro, vacina e saúde falam alto. Os números de engajamento de Juliette mostram o poder do carisma e credibilidade que a jovem nordestina, subestimada e valente é capaz de ter. E nosso cérebro sente prazer em premiar quem achamos que se parece conosco e que, de certa forma, nos identificamos.

Juliette nem imagina o futuro promissor que a aguarda quando sair da “casa mais vigiada do Brasil”. Esta é a grande reviravolta e final feliz que estamos ansiosos por ver se realizar. Torcer por ela, sem muito medo de dar errado, é a descarga de dopamina que precisamos para continuar. Depois de tanto sofrimento, uma merecida e grande recompensa.

Gosto de pensar que talvez a nossa vida também seja como a da narrativa de Juliette. E que, assim como ela, também nem podemos imaginar o futuro promissor que nos aguarda quando “tudo isso passar”. No fundo, somos grandes otimistas.

Lígia Sales (@ligiasal) é consultora de marketing sócia da www.ankrondigital.com.br, professora mestre em semiótica e pesquisadora de neuromarketing.

 

 

 

 

FONTE: https://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/lifestylegeneral/juliette-uma-dose-de-otimismo-para-o-c%c3%a9rebro/ar-BB1fpFmr#image=1

Escrever um comentário (0 Comentários)
Compartilhe
Pin It
RD1

O Jogo da Discórdia desta segunda-feira (5) foi um dos mais polêmicos do BBB 2021 e contou com uma briga feia entre Arthur e Fiuk, que beirou a agressão física e deixou Cleo Pires assustada.

cleopiresbbb21060421Cleo Pires expõe Arthur no BBB 2021 (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

O Jogo da Discórdia desta segunda-feira (5) foi um dos mais polêmicos do BBB 2021 e contou com uma briga feia entre Arthur e Fiuk, que beirou a agressão física e deixou Cleo Pires assustada.

Nos Stories do Instagram, a cantora e atriz soltou o verbo sobre a atitude: “Estou me recompondo. No próximo Paredão, acho que deveria sair o Arthur. Porque acho muito tóxico e perigoso que uma pessoa dessa fique lá dentro”.

“Que fale as coisas que ele falou, que age da forma que ele age, chamando os outros de cuzã*, de chato do caralh*, de bost* por nada. Porque todo mundo que assistiu e que não é prego e nem pela-saco, sabe que o problema do Arthur é recalque do meu irmão”, disse ainda.

 “Porque o que ele sempre quis com esse jogo era a experiência de aprender, crescer, de errar, se expor e acho que por isso, pra mim, ele já ganhou esse programa”, explicou.

Obrigada, Juliette, por existir e ter falado lindamente as coisas que você falou. A Juliette, pra mim, é uma das maiores jogadoras, que vê tudo que está acontecendo de verdade, que joga com o coração, joga aberto. Erra porque é um ser humano e tudo bem”, declarou.

“E acho que foi muito sério o que aconteceu em relação ao cabelo do João, porque o Rodolfo, pelo que vi até agora, não entendeu o nível da gravidade do que ele falou”, prosseguiu.

“As pessoas têm manias de relativizar e falar ‘mas quando é comigo’… sim, mas não é com você e você não tem as mesmas dores que a outra pessoa”, finalizou. Durante o programa, o público se deparou com duas polêmicas.

João Luiz rasgou o verbo e tornou pública a sua decepção com os comentários de Rodolffo sobre seu cabelo e, em seguida, veio o atrito entre Arthur e Fiu, que questionou o seu jogo:

É uma pessoa que mente, que finge, que foi incoerente em vários momentos e mudou de acordo com as pessoas que foram saindo daqui”.

Incomodado, o instrutor de crossfit ordenou que o ator e cantor falasse olhando para ele. “É o mínimo que você tem que fazer”, exigiu. “Você sabe disso tudo que eu falei”, argumentou Fiuk.

Arthur rebateu com ofensa: “C*zão”. Os dois então se levantaram, como se fossem partir para a agressão física, obrigando os presentes a separá-los.

 

 

 

 

FONTE: https://rd1.com.br/bbb-2021-cleo-pires-diz-que-arthur-e-perigoso-e-revela-tudo-que-sabe/

Escrever um comentário (0 Comentários)

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Isadora Teixeira A Coalizão Negra por Direitos disse que ingressou com ação civil pública contra a...
Por G1 Piracicaba e Região A imunização deve ser agendada pelo site da prefeitura; confira todos...
Mariana Fonseca Governo estadual também anunciou que Fase de Transição segue e detalhou apoio a...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Marina Estevão - Revista Seleções Bombom já é uma sobremesa deliciosa... Agora, imagina um bombom de leite Ninho caseiro e superfácil de fazer? © pamela_d_mcadams/iStock Bombom de leite Ninho:...

Pedro Marques Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça © Fornecido por Revista Menu Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça -  Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça / Foto:...

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de pudim de pão simples para fazer em casa facilmente. Uma preparação especial. / Reprodução - YouTube Receitas de Pai {loadposition...

Letícia Taets - Revista Seleções O mês de junho chegou e com ele os festejos juninos! Preparando tudo para fazer a sua festa em casa, não pode faltar a tradicional paçoca de amendoim. Mas já...

RELIGIÃO

Fernando Rossit O fenômeno se traduz por uma estranha impressão de já ter vivenciado a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita. Conhecido como déjà vu, ou paramnesia...

Helio & Deise Peixoto “…não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:18 {loadposition apoiador-estilo-vida} Mesmo sendo...

Frei Luiz Iakovacz Nas celebrações dominicais, leem-se três leituras bíblicas, das quais a primeira é sempre extraída do AT. No Tempo Pascal, porém, tanto nos dias de semana como nos domingos, proclama-se Atos dos Apóstolos. Com isso, a Igreja...

ESTILO DE VIDA

Divulgação

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account