fbpx

Compartilhe
Pin It

A Tribuna Piracicabana

educacao280121O secretário explicou como foi a estratégia da SME em aplicar os testes da Covid-19 – Crédito: Divulgação

O Sindicato dos Municipais recebeu, na manhã de ontem (27), a visita do secretário de Educação, João Marcos Thomaziello, e do secretário de Administração, Dorival José Maistro, para dar continuidade aos esclarecimentos sobre as questões dos profissionais da educação, como retorno às aulas, testagem da Covid-19, perda do abono de assiduidade e abono de final de ano em casos de Covid, protocolos de higienização e segurança tanto para os servidores da educação como para as crianças.


No primeiro momento, o secretário explicou como foi a estratégia da SME em aplicar os testes da Covid-19 e a razão do atraso dos resultados. Ele destacou que a SME fez uma triagem para levantar os números de contaminados, que no caso, dos 1078 testes realizados neste último final de semana, 47 foram positivados. O secretário garantiu que os servidores que estavam e estão em teletrabalho, até que sejam feitos os novos testes, não terão perdas salariais.

O secretário Thomaziello afirmou que a princípio as aulas estão previstas para o dia oito de fevereiro, no entanto, este cenário pode ser modificado conforme orientações do plano São Paulo e da Comissão que trata de assuntos da Covid-19 da prefeitura de Piracicaba.

A diretoria do Sindicato dos Municipais salientou que a preocupação da saúde dos servidores é prioridade, e em casos de covid, o servidor não pode ter perdas salariais. “Não é justo o professor trabalhar 11 meses, ficar doente e no mês seguinte, perder 100% do abono”, disse o vice-presidente José Alexandre Pereira que completou “Necessitamos de uma alteração na lei do abono de final de ano dos professores e do abono assiduidade, que flexibilize, principalmente nesta situação específica da pandemia. No ano passado, infelizmente os servidores que tiveram Covid arcaram com as perdas do abono, principalmente dos professores”.

A diretora Samantha Maniero destacou a vulnerabilidade dos professores frente a pandemia, pois muitos utilizam o transporte público, possuem comorbidades e continuam trabalhando e pediu um posicionamento do secretário quanto aos riscos que os profissionais têm enfrentando, sabendo que, em outras instituições quando apenas um funcionário é positivado, a empresa simplesmente fecha e na prefeitura os servidores estão apreensivos com a situação de positivados.

O secretário respondeu que todas as medidas preventivas estão sendo tomadas e que inclusive, irá providenciar mais EPIs para que todos estejam protegidos. Na reunião, foi sugerido a compra de jalecos em TNT e outros equipamentos necessários, principalmente para os professores da educação infantil, no entanto o secretário disse que irá verificar os custos e a possibilidade para a compra.

O diretor José Osmir Bertazzoni reforçou que o legitimo representante é Sindicato dos Municipais. “O nosso Sindicato vive em consequências da defesa dos servidores e transmite a vocês e aos demais secretários o verdadeiro problema que precisa ser resolvido nas diversas unidades de trabalho. Não agimos por razões políticas, mas para defender nossa categoria”, disse.

Segundo a dirigente Renata Perazoli, a diretoria tem participado das reuniões com o secretariado levando as demandas e pedindo no caso dos funcionários que foram positivados por Covid não tenham perdas salariais, de abono e assiduidade, por conta da pandemia.

A diretora Solange Castel que é representa do Sindicato no Conselho Municipal da Educação ressaltou a importância de consultar este conselho nas questões do retorno as aulas, considerando que a participação efetiva do conselho que envolve as questões da educação das escolas municipais e particulares, é fundamental.

Para o presidente da entidade, José Valdir Sgrigneiro, a valorização dos profissionais da educação seja ela na implantação do plano de carreira ou dentro de sua área de atuação é primordial. “O servidor precisa ser valorizado dentro de suas atividades e na prevenção e defesa da saúde”, concluiu.

O vereador Paulo Camolesi, perguntou ao secretário com base nas informações dos profissionais de saúde, informado que o período crítico da Covid, será do dia cinco ao dia 12 de fevereiro, porque não aguardar este período para retornar as aulas. Segundo o secretário, as aulas poderão não voltar se isso ocorrer.
Participaram da reunião o presidente do Sindicato, José Valdir Sgrigneiro, o vice-presidente, José Alexandre Pereira e os diretores, José Osmir Bertazzoni, Sergio Luiz de Souza, Renata Perazoli, Ermelinda Esteves, Solange Castel e Samantha Maniero, e o vereador Paulo Camolesi (PDT).

 

 

 

 

FONTE: https://www.atribunapiracicabana.com.br/2021/01/28/demandas-da-educacao-discutidas-no-sindicato-dos-municipais/

Comments fornecido por CComment

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Metro World News Há oportunidades para enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, entre outros /...
Isadora Teixeira A Coalizão Negra por Direitos disse que ingressou com ação civil pública contra a...
Por G1 Piracicaba e Região A imunização deve ser agendada pelo site da prefeitura; confira todos...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de churrasco com acém e setinho fazer em casa facilmente. Uma versão um pouco mais econômica para o fim de semana. / Reprodução - YouTube...

Marina Estevão - Revista Seleções Bombom já é uma sobremesa deliciosa... Agora, imagina um bombom de leite Ninho caseiro e superfácil de fazer? © pamela_d_mcadams/iStock Bombom de leite Ninho:...

Pedro Marques Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça © Fornecido por Revista Menu Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça -  Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça / Foto:...

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de pudim de pão simples para fazer em casa facilmente. Uma preparação especial. / Reprodução - YouTube Receitas de Pai {loadposition...

RELIGIÃO

Fernando Rossit O fenômeno se traduz por uma estranha impressão de já ter vivenciado a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita. Conhecido como déjà vu, ou paramnesia...

Helio & Deise Peixoto “…não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:18 {loadposition apoiador-estilo-vida} Mesmo sendo...

Frei Luiz Iakovacz Nas celebrações dominicais, leem-se três leituras bíblicas, das quais a primeira é sempre extraída do AT. No Tempo Pascal, porém, tanto nos dias de semana como nos domingos, proclama-se Atos dos Apóstolos. Com isso, a Igreja...

ESTILO DE VIDA

Divulgação

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account