fbpx

Compartilhe
Pin It

Por André Vieira - Metro Jornal

Em uma década, a taxa de assassinatos cometidos contra pessoas negras no Brasil cresceu 11,5% enquanto  entre as pessoas não negras houve queda de 12,9%.

Os dados foram revelados ontem e são do Atlas da Violência, um estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública com base em estatísticas do Ministério da Saúde.

Segundo o levantamento, que traça o perfil das mortes violentas no país, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes entre os negros (pretos e pardos, na definição do IBGE) passou de 34 para 37,8, entre 2008 e 2018 – uma alta 11,5%. Em números absolutos, o salto foi de 32,7 mil para 43,8 mil negros assassinados, um aumento de 34,2%.

Entre os não negros (brancos, amarelos e indígenas), a tendência é inversa. Entre 2008 e 2018, a taxa de assassinatos por 100 mil caiu de 15,9 para 13,9 – queda de 12,9%. Em números absolutos, a redução foi de 15 mil para 12,7 mil mortes, um decréscimo de 15,4%.

Só em 2018, 75% das vítimas de homicídios eram negras. Na prática, significa dizer que para cada não negro assassinado, outros 2,7 negros foram mortos violentamente.

De acordo com os pesquisadores, “a forte concentração dos índices de violência letal na população negra é uma das principais expressões das desigualdades raciais existentes no Brasil.”

O mesmo padrão se repete com as mulheres. Entre 2008 e 2018, enquanto a taxa entre as negras assassinadas por 100 mil cresceu 12,4% (de 4,6 para 5,2), entre as não negras caiu 11,7% (de 3,2 para 2,8).

Só em 2018, 4.519 mulheres foram assassinadas no Brasil – o que representa um homicídio a cada duas horas. 68% das vítimas eram negras.

São Paulo tem a menor taxa

O recorte por estado do Atlas da Violência mostra que os homicídios estão em queda no estado. A taxa por 100 mil habitantes caiu 47%: de 15,4 para 8,2 – a menor do país em 2018. A maior era a de Roraima, com 71,8. Já o número total de mortes em São Paulo baixou 41,1% (de 6,3 mil para 3,7 mil assassinatos). Em números absolutos, a Bahia era o estado com mais homicídios, 6,7 mil. 

 

FONTES: https://www.metrojornal.com.br/foco/2020/08/28/atlas-da-violencia-negros-sao-75-das-vitimas-de-homicidio.html

Comments fornecido por CComment

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Deutsche Welle O Brasil tem sido um caso mundial raro de acúmulo de erros no combate à doença...
Metro World News Há oportunidades para enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, entre outros /...
Isadora Teixeira A Coalizão Negra por Direitos disse que ingressou com ação civil pública contra a...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de churrasco com acém e setinho fazer em casa facilmente. Uma versão um pouco mais econômica para o fim de semana. / Reprodução - YouTube...

Marina Estevão - Revista Seleções Bombom já é uma sobremesa deliciosa... Agora, imagina um bombom de leite Ninho caseiro e superfácil de fazer? © pamela_d_mcadams/iStock Bombom de leite Ninho:...

Pedro Marques Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça © Fornecido por Revista Menu Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça -  Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça / Foto:...

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de pudim de pão simples para fazer em casa facilmente. Uma preparação especial. / Reprodução - YouTube Receitas de Pai {loadposition...

RELIGIÃO

Fernando Rossit O fenômeno se traduz por uma estranha impressão de já ter vivenciado a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita. Conhecido como déjà vu, ou paramnesia...

Helio & Deise Peixoto “…não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:18 {loadposition apoiador-estilo-vida} Mesmo sendo...

Frei Luiz Iakovacz Nas celebrações dominicais, leem-se três leituras bíblicas, das quais a primeira é sempre extraída do AT. No Tempo Pascal, porém, tanto nos dias de semana como nos domingos, proclama-se Atos dos Apóstolos. Com isso, a Igreja...

ESTILO DE VIDA

Divulgação

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account