fbpx

Compartilhe
Pin It

Outubro Rosa

Jéssica Gotlib

cbsaude161020Médico explica que tratamentos hormonais devem ser analisados caso a caso para que benefícios superem eventuais riscos - (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Cânceres são doenças difíceis de prever e, geralmente, seu desenvolvimento envolve mais de um fator. Entretanto, no caso dos tumores mamários, a exposição de mulheres a altas taxas de hormônio ao longo da vida pode ser um dos aspectos que aumenta o risco. Foi isso que explicou ao programa CB Saúde — parceria do Correio com a TV Brasília — o oncologista e mastologista Gustavo Gouveia, do Instituto do Câncer de Brasília.

"O câncer é uma doença multifatorial. Existem aspectos genéricos, e aspectos muito importantes que são alguns hábitos de vida, como o tabagismo, o abuso de bebidas alcoólicas, o sedentarismo, a obesidade, a alimentação desbalanceada são fatores importantes na gênese do câncer em geral", detalhou.  

Para o caso dos tumores na mama, o fator hormonal é muito importante conforme explicou Gouveia. "Nós sabemos que quanto mais tempo a mulher passa exposta a seus próprios hormônios, maior é o risco do câncer de mama. Se a mulher tem a primeira menstruação da vida muito cedo e a última muito tarde, ela tem um risco teórico maior de câncer de mama que uma mulher em situação oposta", colocou. A estimativa é de que o Distrito Federal tenha 730 novos casos de câncer de mama por ano, mas diagnóstico precoce pode aumentar em até 95% as chances de cura.

Uso contínuo de hormônios

E a suplementação hormonal, feita por meio de anticoncepcionais ou de terapias de reposição para aquelas mulheres que estão na menopausa, também aumentam os riscos de câncer de mama. "Existe alguma controvérsia sobre isso, mas a reposição hormonal em vários estudos é considerada um fator de risco independente para câncer de mama. Não quer dizer de modo algum que quem faz reposição hormonal (obrigatoriamente) terá câncer de mama e, também, quem não faz reposição hormonal deixará de ter", ressalvou o médico.

Para analisar a relação entre risco e benefício, o mastologista sugere que a situação seja analisada caso a caso. "Eu não sou contra a reposição hormonal. Eu acho que o grande foco da reposição hormonal tem que ser a qualidade de vida. Há mulheres que entram na menopausa hipossintomáticas, não sentem sintomas da menopausa. Essas, se usarem reposição hormonal não perceberão a melhora na qualidade de vida e ficarão com os riscos médicos. E existem mulheres que são muito sintomáticas, que têm uma queda importante da qualidade de vida. Essas eu acho que vale a pena fazer a reposição e acompanhá-las bem de perto", argumentou.

O raciocínio para pílulas anticoncepcionais é equivalente, segundo o oncologista. "A ingestão de anticoncepcional por períodos maiores que 10 anos, quando iniciada muito cedo, também é considerada um fator de risco independente para câncer de mama", explicou. Ele lembrou ainda que o histórico familiar também é um marcador importante para o rastreio do câncer de mama.

"De um modo geral, nós podemos dizer que o familiar de primeiro grau com câncer de mama aumenta substancialmente o risco da pessoa em questão ter a doença. Não é uma sentença que ela vai ter, mas há um aumento de risco", afirmou.

Confira a entrevista completa:

 

 

 

 

FONTE: https://www.correiobraziliense.com.br/ciencia-e-saude/2020/10/4882203-anticoncepcional-e-reposicao-hormonal-aumentam-risco-de-cancer-de-mama.html

Comments fornecido por CComment

DO SEU INTERESSE

Curiosidades

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Recente no Site

Metro World News Há oportunidades para enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, entre outros /...
Isadora Teixeira A Coalizão Negra por Direitos disse que ingressou com ação civil pública contra a...
Por G1 Piracicaba e Região A imunização deve ser agendada pelo site da prefeitura; confira todos...

Notícias Nacionais

Parceiros & Apoiadores

Notícias Gastronomia

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de churrasco com acém e setinho fazer em casa facilmente. Uma versão um pouco mais econômica para o fim de semana. / Reprodução - YouTube...

Marina Estevão - Revista Seleções Bombom já é uma sobremesa deliciosa... Agora, imagina um bombom de leite Ninho caseiro e superfácil de fazer? © pamela_d_mcadams/iStock Bombom de leite Ninho:...

Pedro Marques Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça © Fornecido por Revista Menu Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça -  Paçoca do Beco, por Academia da Cachaça / Foto:...

Metro World News Confira uma receita prática e deliciosa de pudim de pão simples para fazer em casa facilmente. Uma preparação especial. / Reprodução - YouTube Receitas de Pai {loadposition...

RELIGIÃO

Fernando Rossit O fenômeno se traduz por uma estranha impressão de já ter vivenciado a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita. Conhecido como déjà vu, ou paramnesia...

Helio & Deise Peixoto “…não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” 2 Coríntios 4:18 {loadposition apoiador-estilo-vida} Mesmo sendo...

Frei Luiz Iakovacz Nas celebrações dominicais, leem-se três leituras bíblicas, das quais a primeira é sempre extraída do AT. No Tempo Pascal, porém, tanto nos dias de semana como nos domingos, proclama-se Atos dos Apóstolos. Com isso, a Igreja...

ESTILO DE VIDA

Divulgação

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account